O Palco aos Poetas: A FLOR DO LÁCIO

A flor do lacio   2 1 710 300
19 Março 2015
Horário:

AUDITÓRIO | 15H00

Preço:
2,00 €

O título remete para o soneto de Olavo Bilac, no qual a língua portuguesa é apresentada como a “Última flor do Lácio”, derradeira flor que brotou da raiz latina. Procura-se, por exemplo, restabelecer pontes entre citações latinas (“navegar é preciso, viver não é preciso”), e a sua glosa por Bernardo Soares ou Caetano Veloso. A ideia de pátria linguística, o desejo de frátria, o exílio sentido pelos poetas brasileiros em Portugal, bem como o puro prazer convocado pela versatilidade sonora da língua portuguesa nas variantes dos seus sotaques, são algumas das possibilidades abordadas neste espetáculo, mas a grande ênfase vai para a língua que se forjou no bojo dos navios negreiros, integrando outras línguas e dando origem a um novo Português, língua dos mundos do mundo.

VOZ: ANDRÉ GAGO // PERCUSSÃO: CARLOS MIL-HOMENS // CONTRABAIXO E GUITARRA: JOÃO PENEDO // GUITARRA PORTUGUESA: TIAGO INUIT

www.teatroinstavel.com/A FLOR DO LÁCIO



PÚBLICO-ALVO: 3ºCICLO E SECUNDÁRIO