' A TRUTA ' - Schubert

Braganca clsaasicfest novo  tmb 2021 1 710 300
10 Outubro 2021
Horário:

16h30

Preço:

Entrada livre até ao limite de lotação. Obrigatório levantar bilhete na bilheteira do TMB .

FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA

Bragança ClassicFest

Concerto de Encerramento

 

BCF_fb_event10OUT

 

A TRUTA - Schubert

 

Tiago Pinto-Ribeiro - Contrabaixo

Tiago Pinto-Ribeiro graduou-se em contrabaixo na ESMAE-Porto e depois ingressou na UdK (Universidade das Artes) de Berlim, onde estudou com Michael Wolf, ali concluindo o Mestrado. Ao longo do seu percurso, foi 1º Prémio no Concurso Internacional “Júlio Cardona” e recebeu uma menção honrosa no Concurso Internacional de Contrabaixo da ISB (International Society of Bassists), em Houston. Integrou algumas das melhores orquestras mundiais: Orquestra Sinfónica NDR de Hamburgo, Orquestra Sinfónica de Berlim, Orquestra Filarmónica NDR de Hannover, Orquestra Sinfónica da Galiza, entre outras, onde foi dirigido por maestros consagrados como Claudio Abbado, Cristoph von Dohnányi, Kent Nagano e Cristoph Eschenbach. Em música de câmara, é membro do DSCH - Schostakovich Ensemble e colaborou, em Portugal e em vários países europeus, com grandes músicos como Marcelo Nisinman, Gérard Caussé, Pascal Moraguès, Adrian Brendel, Jack Liebeck, Kyril Zlotnikov, Corey Cerovsek, Benjamin Schmid, José van Dam, Chen Halevi, Tatiana Samouil, Isabel Charisiu, Silvia Careddu e o seu irmão Filipe Pinto-Ribeiro.
Tiago Pinto-Ribeiro é contrabaixista da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música e é o Professor de Contrabaixo da Universidade de Aveiro.

 

Kyril Zlontnikov - Violoncelo

Natural de Minsk (Bielorussia), Kyril Zlotnikov emigrou com a família para Israel, ali prosseguindo e concluindo os seus estudos musicais. Integra o prestigiado Jerusalem String Quartet desde a sua fundação, em 1996, agrupamento com o qual desenvolve uma intensa actividade concertistica por temporadas e festivais no mundo inteiro.
Tocou como solista com grandes orquestras, como a Filarmonica de Israel, as Sinfonicas de Jerusalem e de Ludwigsburg, a Orquestra Gulbenkian, a West-Eastern Divan Orchestra, a Jerusalem Camerata, em colaboração com maestros aclamados, como Daniel Barenboim, Zubin Mehta, Pierre Boulez, Lawrence Foster, Asher Fish e Simone Young.
Kyril Zlotnikov foi durante vários anos violoncelo principal na West-Eastern Divan Orchestra, sob a direção do maestro Daniel Barenboim. Participou também em projetos especiais e digressões com a orquestra Staatskapelle de Berlim, como violoncelo principal. Alem da discografia enquanto membro do Quarteto de Jerusalem, Zlotnikov gravou para a EMI a integral dos trios com piano de Mozart, com Nikolaj Znaider e Daniel Barenboim (2006). Kyril Zlotnikov toca um violoncelo do ‘luthier’ italiano G. B. Ruggieri, de 1710, por cedência de um colecionador privado.

 

Filipe Pinto-Ribeiro - Piano

Filipe Pinto-Ribeiro é um dos grandes pianistas portugueses da actualidade e um dos que mais reconhecimento internacional conquistou enquanto solista e músico de câmara.
Diplomado e doutorado pelo Conservatório Tchaikovsky de Moscovo, onde estudou com Lyudmila Roschina, Filipe encetou desde então uma carreira que o tem levado a apresentar-se nas principais salas e com as principais orquestras portuguesas e em alguns dos principais palcos e prestigiosas séries de concertos da Europa e América do Norte. Momento importante no seu percurso foi acriação, em 2006, do DSCH - Schostakovich Ensemble (de que é Director Artístico), um
agrupamento de geometria variável onde Filipe se tem reunido, ao longo dos últimos quase 20 anos, a muitos dos mais significativos músicos do nosso tempo para concertos um pouco por todo o mundo. Foi também a partir desse Ensemble que criou em 2015 o Festival e Academia Verão Clássico, que se realiza anualmente em Lisboa no fim de Julho/início de Agosto, e que se constitui hoje inquestionavelmente como um dos mais importantes festivais e academias musicais de Verão do mundo.
É também Director Artístico do Festival de Música dos Capuchos e do Bragança ClassicFest.
Dentre a sua discografia, destaque-se, a solo, o CD ‘Piano Seasons’, com obras de Tchaikovsky, Carrapatoso e Piazzolla/Nisinman e, em música de câmara, a integral para piano e cordas de Schostakovich e um disco com Trios de Beethoven, todos três editados pela Paraty/ Harmonia Mundi. Recebeu em 2014 da marca de pianos Steinway & Sons a distinção de ‘Artista Steinway’.

 

David Castro-Balbi - Violino

David Castro-Balbi começou a tocar violino com 5 anos. Mais tarde, concluiu a sua formação no Conservatório Superior de Música de Paris, na classe de Svetlin Roussey, na Escola Superior de Música Hanns Eisler de Berlim, na classe de Kolja Blacher, e na Escola Superior de Musica Franz Liszt, em Weimar, na classe de Friedemann Eichhorn. Em 2009, com 15 anos, foi escolhido para tocar a solo na Sala Victoria, em Genebra, e no Theatre du Champs Elysees, em Paris, sob a direção de Seiji Ozawa. E vencedor de diversos Primeiros Prémios em concursos nacionais e internacionais, como o Young Artist Competition, em Colorado, o Mirecourt International Violin Competition, o International Louis Spohr Competition for Young Violinists, em Weimar, o Bacewicz Chamber Music International Competition, em Łodź, entre outros.
Entre 2015 e 2016, foi solista da orquestra do Theater Gera-Altenburg. Desde marco de 2021, e solista convidado na orquestra Staatskapelle Weimar. Apresenta-se frequentemente em trio com o violoncelista Alexandre Castro-Balbi e o pianista Lucas Debargue. David toca um instrumento feito por Giovanni Battista Gudagnini (1690), que chegou a pertencer a Louis Spohr.

 

Francisca Fins - Viola

Francisca Fins graduou-se em Violino na Escola Superior de Musica de Lisboa, na classe de Anibal Lima. Frequentou cursos de aperfeiçoamento com Gerardo Ribeiro, Boris Kuniev, Yfrah Nyman, Lydia Mordkovich, Angelique Loyer, Jan Dobrzelewski e David Lefevre.
Posteriormente, estudou Viola com Amichai Grosz, solista da Orquestra Filarmonica de Berlim, Ana Bela Chaves, solista Orquestra de Paris, e Samuel Barsegian, solista da Orquestra Gulbenkian. Foi concertino da Orquestra Nacional do Tejo e integra a Camerata Atlantica sob a direção da violinista Ana Beatriz Manzanilla. Colabora frequentemente com a Orquestra Gulbenkian, Sinfonietta de Lisboa, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra de Camara Portuguesa e Orquestra Metropolitana de Lisboa, entre outras.

 

 

Piano: Filipe Pinto-Ribeiro
Violino: David Castro-Balbi
Viola: Francisca Fins
Violoncelo: Kyril Zlotnikov
Contrabaixo: Tiago Pinto-Ribeiro

 

 

Cidadela de Bragança, Igreja de Santa Maria . m+6 .

Entrada livre até ao limite de lotação. Obrigatório levantar bilhete na bilheteira do TMB .