' À Espera de Godot ' - TNSJ (Estreia Absoluta)

Godot 1 710 300
06 Maio 2021
Horário:

20H00

Preço:

6,00 EUROS

fotografia © Tuna_tnsj

(Estreia Absoluta)

 

 TNSJ

" À Espera de Godot " de Samuel Beckett

Alguém escreveu que À Espera de Godot é uma peça onde “nada acontece, duas vezes”. Há uma árvore que reverdece na passagem do primeiro para o segundo ato. Há as botas de Estragon e o chapéu de Vladimir, dois palhaços-vadios que esperam e esperam. Samuel Beckett deu sólidos contributos para que a peça permanecesse num limbo de ambiguidade. Disse que “Godot” descendia de “godillots”, calão francês para… “botas”. Encenador cosmopolita e multipremiado, diretor artístico do Teatro Húngaro de Cluj, na Roménia, desde 1987, e presidente da União dos Teatros da Europa desde 2018, Gábor Tompa é uma personalidade cuja importância extravasa os palcos. O crítico Georges Banu descreve-o como um “construtor de pessoas e de lugares”, um artista que olha com relutância para o “realismo”, um descendente de Kantor e “irmão” de Josef Nadj. O Teatro Nacional São João convidou-o para dirigir esta “tragicomédia em dois atos”, que ele tem visitado com regularidade, como um maestro que recria, com músicos diferentes, uma “estrutura musical de uma assombrosa precisão”. À Espera de Godot estreou-se online no dia 7 de março, data simbólica do fim do Centenário do Teatro São João. “Talvez devêssemos recomeçar tudo”, pondera Vladimir. “Pode-se começar de onde se quiser”, afirma Estragon.

 

Encenação: Gábor Tompa
A partir da tradução de: Francisco Luís Parreira
Cenografia e figurinos: Andrei Both
Desenho de luz: Filipe Pinheiro
Assistência de encenação: Manuel Tur
Interpretação: João Melo, Maria Leite, Mário Santos, Rodrigo Santos, Vicente Melo

Produção: Teatro Nacional São João

 

 

Auditório . M+14 . Duração aprox.: 2H20 com intervalo