UM OUTRO FIM PARA A MENINA JÚLIA

Tiago rodrigues   tmb fev 2020 1 710 300
15 Fevereiro 2020

UM OUTRO FIM PARA A MENINA JÚLIA

de Tiago Rodrigues

“Júlia sai com um passo firme”. Esta é a didascália que August Strindberg escreve no final de Menina Júlia. Desde a estreia da peça, há 130 anos, em março de 1889, que atores de todo o mundo obedecem à ordem do autor e nos sugerem o suicídio de Júlia como o único desfecho possível desta história. Imaginar outro fim possível para estas personagens obriga-nos a mostrar em cena o que acontece depois da didascália de Strindberg. Obriga-nos a imaginar o futuro que não quis prometer às suas personagens. Em Um outro fim para a Menina Júlia, vemos Júlia, João e Cristina, que o mundo já viu tantas vezes, para depois os reencontrarmos 30 anos mais tarde, treinados pela vida a encontrar a felicidade nas pequenas coisas. Neste “antes e depois”, tentamos inventar uma alternativa e imaginar que o passo firme de Júlia pode ser o início da lenta e laboriosa caminhada da vida.

encenação, espaço cénico e figurinos: Tiago Rodrigues
a partir de August Strindberg (tradução de Augusto Sobral)*
com: Helena Caldeira, Inês Dias, Isabel Abreu, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Vicente Wallenstein
desenho de luz: João de Almeida ; assistência de encenação: Teresa Coutinho

produção: TNDM II

* Neste espetáculo utilizam-se fragmentos da tradução de Menina Júlia, de Augusto Sobral, a partir do original de August Strindberg, que foi utilizada na última representação de Menina Júlia levada à cena no Teatro Nacional D. Maria II, em 2009, com encenação de Rui Mendes.

 

Espetáculo apresentado no âmbito da Rede Eunice Ageas, projeto de difusão de produções e coproduções do Teatro Nacional D. Maria II.

 

DURAÇÃO APROX.: 1H40 . m/12

Horário:

21H00 ; AUDITÓRIO

Preço:
6,00 €