27 FT » A VIDA NO CAMPO «

Narrativensaio   tmb 2019   1 710 300
13 Abril 2019

narrativensaio apresenta: A VIDA NO CAMPO

 

Um casal vindo da cidade. Uma velha casa de família. Um recomeço – no campo. Podia começar assim o resumo de A Vida no Campo, adaptação livre do diário homónimo de Joel Neto, autor também (entre outros) dos romances Arquipélago e Meridiano 28. E, no entanto, não é apenas de idílio que fala a vida rural de hoje. Nem mesmo nesses milagrosos casos em que tudo nela é usufruto dos encantos da natureza e da vida simples. Há uma história que se muda com aqueles se mudam. E há sonhos por concretizar, frustrações acumuladas, mágoas escondidas com que um dia será preciso travar o combate que se adiou...

Com encenação de Luísa Pinto, interpretações de António Durães e Filipa Guedes e participação especial de Fernando Alves, jornalista e radialista, A Vida no Campo é a história de uma crise conjugal. O texto é da autoria de Joel Neto e Catarina Ferreira de Almeida, os dois protagonistas do livro a que vai buscar o nome. Põe em oposição a vida urbana e a vida rural, usando como epítome a vida insular – que é talvez um pouco de ambas – mas determinado sobretudo a decifrar o que, no diálogo e nos silêncios estabelecidos entre as duas (ou as três), as separa e aproxima.

Dizem os estudos que, dentro de menos de 30 anos, para cima de 70 por cento da população ocidental estará concentrada nas grandes cidades. Abandonará o campo e a chamada província, e com isso acentuar-se-á o declínio de modos de vida e – principalmente – de possibilidades que vinham resistindo não só à voragem da economia, expressa tanto nos grandes movimentos demográficos como nas próprias inclinações da cultura popular, mas à uniformização que reduzirá o indivíduo a espécimen e o mundo todo a uma só e crescente periferia.

 

Coprodução Narrativensaio-AC e Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão

 

 

DURAÇÃO APROXIMADA: 1H20  .  M/12

Horário:

21H30 // CAIXA DE PALCO

Preço:
6,00 €