BERMA - A MÁQUINA DE EMARANHAR PAISAGENS

Berma   tmb 2017 2 1 710 300
30 Novembro 2017
Horário:

21H00 \\ CAIXA DE PALCO

Preço:
6,00 €
Informação adicional:

A partir de textos de Herberto Helder

 

A partir da obra de Herberto Helder criou-se um espetáculo de teatro cuja dramaturgia foi construída unicamente a partir dos seus textos e poemas, incluindo poemas “mudados” para português pelo próprio.

Através da voz e do corpo do ator e de um diálogo íntimo com o músico, acredita-se que a imagética, a musicalidade, o ritmo impresso nos poemas do autor, tornem real uma outra possibilidade de comunicação, um outro entendimento que a oralidade e a fisicalidade podem trazer aos textos, não na tentativa de os explicar, ou de os resolver, mas de os pensar e receber de uma forma diferente.

A exigência e hermetismo dos textos de Herberto Helder, questionam uma escrita meramente mental e racional, as palavras ganham densidade e vida também pela sua sonoridade e musicalidade. Daí a ideia de os transpor para teatro, dar corpo às palavras escritas com tudo o que isso pode potenciar e revelar.

Textos: Herberto Helder
Direcção e Interpretação: Dinarte Branco
Música Original e Interpretação: Cristóvão Campos
Cenografia: Paulo Oliveira
Direção Técnica: Feliciano Branco
Desenho e Operação de Luz: Feliciano Branco
Figurinos: Cristina Homem de Gouveia
Assistência de Encenação: Alice Medeiros

 
DURAÇÃO APROX.: 1H20 \\ M\16